20.2.07

Dedo mindinho no chão.

Eis que tem início o primeiro indício daquilo que será a minha caixinha de costura, onde será dada voz a todo aquele que, pela sua voz, pretenda alinhavar consoantes a vogais.

1 comentário:

Selda disse...

lembro-me, ainda, das paredes do quarto rascunhadas, dos lápis coloridos espalhados pela casa e pelo quintal, e dos sonhos pequeninos e muito grandes, nas pontas dos dedos gordinhos e certeiros. Lembro-me do teu olhar atento aos riscos que fazíamos juntas em todo o lado.
Tia Selda